quinta-feira, 2 de julho de 2009

FELINAMENTE PERIGOSA

Estou capaz de arranhar ou matar alguém de tanta raiva que sinto. Perdi uns valentes minutos a escrever um texto interessante sobre a ocorrência felídea desta madrugada e o estupor do sistema foi-se abaixo levando a rasto todo o material criteriosamente selecionado para impressionar e divertir os meus fãs que clamam a minha presença.
Privada, porra pá, ainda não foi desta! E agora não sei quando terei de novo tempo!

9 comentários:

privada disse...

Olha Blimunda se o sistema continua contra ti ainda acabas com 6 milhoes de fãns

Blimunda disse...

Tipo geração Y?

privada disse...

A essa só falta a águia :-)))))

Blimunda disse...

Longe de mim adivinhar que te referias ao "orelhas". Está bem a apanhada!

Mofina Mendes disse...

Mata, mata... Se precisares, eu esfola!

Blimunda disse...

Não me fales em esfolar que me fazes lembrar do gatinho. Posso dizer que esta noite tive uma verdadeia aventura felina!

mac disse...

Cá fico à espera da descrição do evento...

Blimunda disse...

Mac, não se entusiasme muito amiga que o gatinho era mesmo de quatro patas. Não há muito que contar. Foi só um gato que apanhou boleia no meu carro sem o meu prévio conhecimento e consentimento. Não me pergunte onde é que ele se alojou. Só dei por ele quando ouvi o miar às 3 da manhã e achei estranho por que não tenho gatos em casa. Perdi mais um tempo precioso para o meu sono a tentar demovê-lo do uso indevido da parte onde está o motor. Não percebo nada de mecânica e a haver nome técnico para aquilo não o conheço. É a mala da parte da frente do carro, pronto. Em vão! Desisti e fui dormir. De manhã consegui que fugisse do meu carro para se instalar no do meu marido. Resultado: conseguiu fazer mais uns valentes quilómetros até Aveiro e conseguiu ocupar dois homens durante um valente par de horas para o tirar de dentro da amálgama de ferros e tubos que envolve o motor do carro. Vivinho da silva!

mac disse...

Blimunda, fala-se muito de burros mas é ignorância animal. No que respeita a teimosia, os gatos e os ratos metem os jericos num chinelo.

Fico feliz pelo bichano ter conseguido a boleia!