quarta-feira, 4 de março de 2009

LA BOUM e REALIDADES



No Estúdio 2002 - a sala de cinema mais “in” de Aveiro na época – Vic, Mathieu, Richard Sanderson e “Reality” enchiam-me a fantasia. Na tela vivi uma adolescência que não foi minha mas que sonhei um dia ter sem saber que não se deixa para o futuro a vida que no presente se esvai.

11 comentários:

Mofina Mendes disse...

Ó miúda, não acredito que tenhas idade para te lembrares desta época!

Tu é metálica...

Mofina Mendes disse...

Tu és metálica...

Blimunda disse...

Eu, simplesmente, não tenho idade. Digo eu, cos nervos!!!

Dizes metálica de metálica mesmo? Yeahhhhhh!!!!

Mofina Mendes disse...

Punk sou eu que até pinto a crista de branco...

jg disse...

Mas o gajo é a tromba chapada do David Copperfield!!!
O grande ilusionista, de facto.

Blimunda disse...

Hehehehe!!!Agora entendo porque é que a Sophie Marceau se parece com uma certa artista!!! Ilusão óptica ou ilusionismo! Não é Mofina?!

Mofina Mendes disse...

De facto, porquê?

Blimunda disse...

Ora porquê, Mofina?! Não se está mesmo a ver? Tens que ouvir a letra da música! - Dreams are my reality, the only kind of real fantasy!

Mofina Mendes disse...

ops, esqueci-me que o jg percebe bué de inglês.

Alferes disse...

Já não vou ao estúdio 2002 há algumas décadas. Mas lembro-me da inauguração. Fui muito feliz no estúdio 2002 :)

Jardineira aprendiz disse...

Mas será que alguém escapou à tontice da adolescência? Só se for aqui a Mofina...