sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

SERMAO DE S.PINOQUIO AOS PEIXES

Corre sibilinamente entre os peixinhos do Cértima, que ouviram por entre marulhos, dos peixinhos do Águeda, que por sua vez ouviram dos peixinhos do Vouga, a notícia de que S. Pinóquio rondará as margens deste último a curto prazo, tendo-se até já posto a caminho. Dª Monstra, a Baleia, uma papona irregenerável e avara, terá alegadamente deglutido a Solução para a Crise como moeda de troca pela vida de seu tio Gepeto. S. Pinóquio virá corajoso e armado de eloquência e arrojo, como sempre, até ao seu esconderijo, calcula-se algures acima do Poço de S. Tiago para, a título de mais um sermão aos peixinhos, aproveitar a oportunidade para atirar-se à monstra e assim salvar a Solução. O Grilo falante, sempre consciencioso, foi avisando-o sem, no entanto, colher daí qualquer resultado – S. Pinóquio tenha cuidado, os peixinhos não são confiáveis e estão muito descontentes. Mas ele não faz caso e, como um menino valente e santo, virá sem dúvidas, sem medos, sempre de arma em riste e não se deixando intimidar por coisa alguma. – Eles que nem pensem que conseguirão demover-me dos meus propósitos. Encontrarei D. Monstra e arrancar-lhe-ei ainda que da amálgama das suas vísceras, a maldita Solução. E aí vem, escoltada por um grande grupo de meninos que conseguiram a custo safar-se à transformação total em burros, hasteando as suas orelhas e os seus rabos típicos de quem comete maldades umas atrás das outras mas nem assim se dignam baixar cachimbo. O distrito está em polvorosa: S. Pinóquio e a sua trupe estarão área. Peixinhos do Cértima, camaradas vizinhos e amigos – Alerta! Organizem-se, porra!

9 comentários:

privada disse...

Pois minha amada mas foi a D. Monstra que criou o PEC , o IVA e outros monstrinhos que hoje quer combater, é bom manter em mente que não há bons nem maus, há infiltrados por todo o lado e todos ao serviço do msm interesse. É tudo p/ enganar os peixinhos e mante-los no viveiro, mas qd rebetarem as redes, os monstros não os podem pescar a menos que desobedeçam a lei que eles proprios criaram, um dia minha amada, um dia sairemos do viveiro.

Blimunda disse...

Privada, vou montar acampamento em Ribeiradio hoje à tarde. Passe palavra e trate de se munir com a erva da praxe. Eu trato do caldo verde e da chouriça. Veja se traz vinho que eu disso não percebo nada.

Blimunda disse...

Épa é preciso arranjar quem trate dos panfletos e das bandas publicitárias. Será que o JG iria numa dessas?

saphou disse...

Vá-se a eles, use os métodos da padeira de Aljubarrota.

Blimunda disse...

Junta-se a nós?

Mofina Mendes disse...

As minha ovelhas, lançadas em catapulta, também podem ser de grande eficiência.

saphou disse...

Claro que junto. Estou aí a catapultar peixe estragado às fuças do Pinóquio e comitiva, tipo o peixeiro no Astérix (Ordalfabetix?)

Mofina Mendes disse...

E o S. Pinóquio a refastelar-se em Couto Esteve! Nas curvas e contra-curvas bem podia ter um ataque de azia, mas deve estar bem munido de Stagos, cum nervos.

Blimunda disse...

Ele nem sonha é a azia que lhe vai dar quando tiver que enfrentar os pescadores gafanhotos amanhã. Nem o saquito de plástico que o ministro das pesacas trará para lhes adoçar a boca o safará.