quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

FUNES, O MESTRE!

É dado adquirido que sou fã incondicional de Funes, el memorioso. De entre inúmeras postagens pedagógicas, lúdicas, dogmáticas, pragmáticas, enfim, enriquecedoras a vários níveis, encontrei há tempos esta que hoje me apeteceu reler e partilhar convosco e com a devida vénia ao seu autor, tomar a liberdade de aqui transcrever.
"Do Desejo
Sou masoquista.
Acredito na felicidade pelo eterno sacrifício e pela eterna renúncia. Não pela renúncia ao desejo, à maneira do estóico ou do oriental. Mas, ao invés, pela renúncia, de certo modo platónica, à consumação do desejo que infinitamente se cultiva.
Acredito que ser feliz não é não desejar. É desejar ilimitadamente, sem nunca chegar a ter.
Não creio que seja caminho a todos recomendável."
Funes, el memorioso, 2006-12-05

5 comentários:

Mofina Mendes disse...

Cuidado, não fiques com delírios! Falo porque sei, até já me esta a nascer um farol no ombro esquerdo...

Blimunda disse...

Tem graça! Passo a redundância! Será por isso que tenho dois, um de cada lado desta linda carinha que Deus me deu?!

Mofina Mendes disse...

A luz dos teus olhos iluminam a tempestade!

Blimunda disse...

Mulher! E assim se neutraliza um ser reduzindo-o à sua insignificância! Um abraço do tamanho que tu quiseres!

Mofina Mendes disse...

Tamanho farol da Barra, s.f.f.