quinta-feira, 16 de outubro de 2008

pulsar







Esta é uma faixa do cd Lambarena - Bach to Africa, um cd de homenagem ao Dr. Albert Schweitzer, que mistura de uma forma estranhamente harmoniosa composições de Bach com cantos tribais africanos. Sente-se um único pulsar.

Não obstante os critérios por que possa ser avaliado, este cd é para mim um símbolo do que pode ser o encontro entre as diferentes civilizações quando há admiração e respeito pelas diferenças, não importando a origem, ou o grau de elaboração de cada cultura. Lembra que o quão maravilhoso poderia ser o mundo, se as diferenças fossem encaradas de forma construtiva, e não com base na desconfiança, na arrogância e no preconceito. Afinal, enquanto existir um pouquinho de juventude no nosso espírito, sempre acreditaremos no fantástico e inalcançável lugar da utopia.

Esta música pareceu-me por isso uma boa forma de iniciar a participação neste blog. Sem conhecer pessoalmente duas das autoras, sinto em todas vocês esta característica de saber construir, com base no respeito mútuo e na amizade, algo de positivo, não obstante as diferenças de perspectiva que naturalmente haverá entre nós. Pequenas diferenças serão elas, se pensarmos que este mundo é tão vasto e colorido, e que a vida é demasiado breve para que pequenas diferenças se tornem grandes.

Obrigada por me convidarem a juntar-me a vocês.

3 comentários:

DD disse...

Que linda maneira de abrir a porta, Jardineira!
Não é apenas música o que nos ofereces; são valores, raízes, afectos e humanidade.
Eu é que te agradeço por me deixares entrar nesta casa/causa.
Há pessoas desconhecidas que nos revelam mais e melhor o seu carácter do que outras que vemos diariamente.

Blimunda disse...

Jarnineira, colocaste flores no meu dia!

Mofina Mendes disse...

Uiiiii, vou fugir, eu não sei postar nem comentar neste blog...

Socorro!